CAIXA OPERATÓRIA DE PIAGET

CAIXA OPERATÓRIA – PIAGET

As provas operatórias de Piaget fazem parte de um teste clínico, que eram utilizadas em clínicas psiquiátricas com adultos e foram adaptadas para serem utilizadas com crianças em testagem cognitiva.

A testagem é utilizada em entrevistas com as crianças a fim de compreender como cada uma opera o pensamento e elabora as respostas.

Esta prova consiste em uma maleta com 13 testagens específicas e questões que mudam de acordo com o nível de resposta da criança.

CATEGORIA DAS PROVAS OPERATÓRIAS POR IDADE

Até 6 anos

● Conservação de pequenos conjuntos
● Seriação de palitos

Até 7 anos

● Conservação de pequenos conjuntos
● Conservação da matéria
● Conservação de comprimento
● Conservação da matéria
● Conservação da superfície
● Conservação de líquido
● Prova de espaço

Até 8/9 anos

• Conservação de massa
• Conservação de comprimento
• Conservação da superfície
• Conservação de líquido
• Conservação de peso
• Prova de espaço
• Prova de classificação:
 Mudança de critério
 Inclusão de classes
 Interseção de classes

Até 10/12 anos

• Conservação de massa
• Conservação de comprimento
• Conservação da superfície
• Conservação de líquido
• Conservação de peso
• Conservação de volume

• Prova de classificação:
 Mudança de critério
 Inclusão de classes
 Interseção de classes
• Prova de espaço

+ de 12 anos

• Conservação de volume
• Provas de pensamento formal:
 Combinação de fichas
 Permutação de fichas
 Predição
• Prova de espaço

FONTE: SAMPAIO, 2014.

As provas favorecem a análise das estruturas cognitivas e mostram ser um instrumento de avaliação que pode contribuir para um diagnóstico, oferecendo informações para um processo de encaminhamento ou para uma equipe multidisciplinar.” Camplesi (1987).

Observável também o “nível operatório, criatividade, maturação visuomotora, função intelectual e afetividade” Yaegashi (1997). Além de “reações, postura, fala, inquietações, reação diante do desconhecido, argumentos, organização e manipulação do material (Sampaio, 2014a, p. 42).

Elas subdividem-se em:
• Nível 1: Não conserva, não atinge nível operatório nesse domínio
• Nível 2: Intermediário: respostas oscilantes, instáveis ou incompletas: hora conserva, hora não conserva
• Nível 3: respostas firmes, demonstram aquisição da noção.
Fonte: Visca, 2008 e Sampaio, 2014

Através das provas operatórias – instrumentos criados para observação clínica -– o desenvolvimento cognitivo pode ser nivelado e o raciocínio lógico investigado, descrito e compreendido.

Cada prova para ser executada precisa muito treino e estudo.

Este post não pretende explicar como se aplica as provas operatórias, até porque faz parte da avaliação psicopedagógica e é indispensável para levantar hipóteses de dificuldades de aprendizagem.

Portanto o psicopedagogo ao adquirir a sua maleta receberá o manual de aplicação e deve então treinar o seu uso em pessoas aleatórias antes de executá-las na clínica.

Assim obrigatoriamente precisará seguir o passo a passo correto da metodologia de Piaget, que um resumo aqui no post poderia não ser o suficiente e eficaz para aplicação do teste.

Psicopedagogos precisamos ser exigentes com a qualidade do nosso trabalho!

Todas as informações aqui são fidedignas.

As provas são indispensaveis.

Pode aplicar até em adolescentes para identificar os déficits e fazer os encaminhamentos necessários.

Obrigada por ajudar a encontrodosaber e a psicopedagogariodejaneiro fazerem parte da caminhada de vocês!!!

2 thoughts on “CAIXA OPERATÓRIA DE PIAGET

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat
Precisando de ajuda?
Powered by